SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTA LUZIA PARALISA SUAS ATIVIDADES

Nesta sexta-feira (14 de julho) a Secretaria Municipal de Educação de Santa Luzia-MA aderiu a Paralisação Maranhense, em ato simbólico de pedido de Socorro à educação do Maranhão.

O ato é em protesto ao desconto nas contas do Fundeb realizada pelo governo Federal.  No estado do Maranhão foram mais de 177 milhões de reais.

Veja na íntegra o ofício do Secretário Municipal de Educação falando sobre o assunto:

Ofício Circular GAB/SEMED Nº 61/2017
Santa Luzia – MA, 13 de julho de 2017.
Comunidade em Geral
ASSUNTO: O Dia “D” – Do Pedido de Socorro a Educação Maranhão

Prezado (a) Senhor (a),

Servimo-nos do presente para informar que excepcionalmente amanhã dia 14 de julho, sexta feira, não faremos atendimento ao público, pois aderimos a PARALISAÇÃO MARANHENSE, em ato simbólico de pedido de SOCORRO A EDUCAÇÃO DO MARANHÃO.
Conforme tem sido noticiado pela mídia, os estados nordestinos vivem um momento de penúria financeira. Dentro desse contexto, o Maranhão teve sua situação financeira agravada pela retirada de mais de 177 milhões de reais das contas do FUNDEB das Prefeituras Maranhenses.
Em Santa Luzia, o desconto foi de mais de DOIS MILHÕES DE REAIS, fato que preocupa a Administração Municipal, pois inviabiliza o cumprimento do Calendário de Pagamento dos servidores públicos municipais.

Assim, em repúdio a essa atitude do Governo Federal, os Dirigentes Municipais de Educação, em Audiência Pública organizada pela UNDIME – União dos Dirigentes Municipais de Educação, dia 11 de julho, definiram essa SEXTA FEIRA, como um dia de PARALISAÇÃO TOTAL.
De já, agradecemos a atenção e compreensão de todos!

 Atenciosamente,
ANTONIO DA SILVA

Secretário Municipal de Educação

Nenhum comentário