SANTA INÊS -PREFEITA VIANEY BRINGEL NEGA DIREITOS DOS SERVIDORES

A Prefeita Vianey Bringel que foi eleita por mais de 80% dos votos do eleitorado de Santa Inês e era considera a esperança da população santa-inesense vem desagradando muito a classe de professores.
Desde que assumiu a prefeitura em janeiro de 2017, vem pagando os salários dos servidores em atraso, e ainda deixou de cumprir com o plano de cargos e salários dos servidores aprovado na gestão do ex- prefeito Ribamar Alves.

Na última reunião realizada na sexta-feira (06 de julho) pelo Sindicato da categoria, foi informado aos servidores que a gestão estava impossibilitada de pagar o aumento de 7,64% previsto na Lei Nacional do Piso salarial do Magistério (Lei nº 11.738/2008) aprovada, e em vigor desde janeiro de 2017. Até agora a prefeita só deu um aumento de 4% no mês de junho e afirma que a administração não tem condições financeiras de arcar com as garantias a lei.

O Sindicato afirma ter feito o estudo da folha de pagamento e constatado somente um superávit de R$ 100.000,00 mensais. Ocorre que uma das líderes do movimento sindical é hoje, uma das coordenadoras da Secretaria Municipal de Educação. Aí fica a dúvida, o sindicato está ou não sendo conivente com a negação de direitos?

Certo é que professores estão sendo prejudicados e não têm a quem recorrer.


Nenhum comentário